sábado, 23 de julho de 2011


Você já tentou conversar com um papagaio? Caso tenha feito isso, deve ter percebido que eles têm incríveis habilidades para imitar e falar com humanos e uns com os outros. Mas uma pesquisa mostra que as conversas entre os papagaios podem ser ainda mais complexas: cada um deles tem uma assinatura própria, equivalente a um nome. Mas de onde esses nomes vêm?
Assim como os humanos, os pais papagaios dão nomes aos seus filhotes antes mesmo deles desenvolverem habilidades de comunicação.
Câmeras de vídeo foram utilizadas para gravar o processo de comunicação de papagaios da espécie Tuim-Santo, na Venezuela. O estudo mostrou que antes mesmos dos pequenos papagaios começarem a piar, os adultos já os abordavam por um som característico, que é usado por eles durante toda a vida.
Os cientistas já sabiam há algum tempo que os pássaros se referiam uns aos outros por sons característicos, mas não sabiam se os papagaios obtinham seus nomes por eles próprios ou se eles eram dados por aves mais velhas, como foi o caso.
Os papagaios não são os únicos animais conhecidos por se darem nomes. Além deles, e dos seres humanos, é claro, os golfinhos também usam nomes específicos para cada indivíduo. Os pesquisadores acreditam que a vida social complexa destes animais pode ser o que impulsiona a necessidade de ter nomes. Para papagaios, os nomes são uma ferramenta valiosa para saber quem é quem quando há uma mudança de bandos ou de membros.
Essa interessante descoberta da comunicação entre os papagaios poderá ser útil para posteriores estudos sobre o desenvolvimento da fala e da comunicação humana

Nenhum comentário:

Postar um comentário